PERIODONTIA

New Life Prime Odontologia

Periodontia é uma especialidade que cuida dos elementos de suporte do dente: Gengiva, osso e ligamento periodontal. 

Placa Bacteriana 
Todos os dias, forma-se sobre os nossos dentes a placa bacteriana, uma película viscosa e incolor formada por bactérias acumuladas na superfície dos dentes e na gengiva. Ela se forma mesmo que não ocorra a ingestão de alimentos.

Tártaro
Quando a placa bacteriana se calcifica, forma-se sobre os dentes uma espécie de crosta amarelada e endurecida. Essa crosta gruda nos dentes e facilita a adesão da placa bacteriana, aumentando ainda mais de volume. É o que chamamos de cálculo dental ou tártaro. Seu tratamento consiste na raspagem dos dentes realizada pelo dentista.

Gengivite
Gengivite - uma inflamação da gengiva - é o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa bacteriana - uma película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva. É o estágio inicial, e ainda reversível, das doenças periodontais, provocando vermelhidão, inchaço e sangramento gengival. Se não for tratada pode evoluir para a periodontite.

Os sintomas clássicos da gengivite incluem gengiva vermelha, inchada e sensível que pode sangrar durante a escovação. Outro sintoma de doença é o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes uma aparência alongada. A doença gengival pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa. Algumas pessoas têm mau hálito freqüente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não estiver em estágio avançado.

Periodontite
Sem os cuidados necessários, a gengivite pode evoluir para a periodontite, uma forma mais grave da doença que compromete todos os tecidos ao redor do dente (periodonto) que promovem sua sustentação, provoca reabsorção óssea, retração da gengiva e, consequentemente, mobilidadade e perda dos dentes.

Nesses casos, a inflamação da gengiva progride e determinadas substâncias presentes na saliva fixam-se na placa bacteriana intensificando o processo inflamatório e criando condições favoráveis para a formação da bolsa periodontal, que afasta a gengiva dos dentes, favorece a contaminação por bactérias e o desenvolvimento de tártaro (cálculo gengival).
A Periodontite Avançada é o estágio mais grave da doença, onde há perda óssea e do ligamento periodontal, estruturas de sustentação dos dentes. Ela provoca sangramento, retração gengival, dor, suppuração, mobilidade e até a perda do dente.

Mucosite Periimplantar
Proteja o seu investimento de tempo e dinheiro nos seus implantes dentais para que eles possam durar muito tempo, mantenha uma boa higiene oral para evitar complicações que podem levar a perda do implante.

Se a higiene oral for inadequada pode levar à perda dos implantes. Pois, as bactérias se multiplicarão na superfície do implante até níveis prejudiciais. Isto resultará na inflamação do tecido gengival, que é chamada de mucosite peri-implantar. Se não for tratada, poderá resultar em perda óssea ao redor do implante, levando à peri-implantite e depois à perda do implante.
A mucosite peri-implantar pode ser o primeiro passo para a perda do implante dental. Estudos revelam que 80% dos pacientes com implantes dentários desenvolvem mucosite peri-implantar.
Inflamação com vermelhidão e inchaço da mucosa ao redor do implante. Pode evoluir para peri-implantite, causando a perda do osso de apoio marginal e, consequente, perda do implante.

Endocardite Bacteriana
A endocardite bacteriana é uma complicação grave da periodontite. Estudos mostram que as bactérias instaladas nas bolsas periodontais podem disseminar-se na corrente sanguínea, alojar-se nas válvulas cardíacas e comprometer a circulação do sangue e o funcionamento do coração.